quarta-feira, outubro 01, 2003

Conversa Motare





Ouço dizer que curvam,
ouço dizer que travam,
ouço dizer que aceleram...
Nada disso me incomoda!
Mas quando os começo a ouvir explicar 
como curvam, como travam, e quando aceleram, nem sei...
Fico preocupado!

Será que, contra as minhas convicções, 
contra tudo aquilo que tenho deduzido ao longo dos anos, 
haverá uma força misteriosa que teima em mantê-los vivos?
Será que realmente, e afinal, Deus até existe?
Ou será que são apenas desabafos, 
de um mero concurso de mentirosos?